Manter-se ativo com o passar dos anos é fundamental para a saúde, e viajar é uma das formas mais prazerosas de se fazer isso, pois fortalece o vigor físico e mental. Porém, algumas mudanças que ocorrem naturalmente no corpo humano conforme ele envelhece tornam necessários alguns cuidados específicos. Conversamos com o dr. Carlos Uehara, presidente da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, que elencou as cinco principais medidas:

1. É preciso se movimentar durante o trajeto!

Viagens com mais de quatro horas de duração merecem um pouco mais de atenção por conta do risco de embolia e trombose. Não fique muito tempo sentado sem se movimentar. A dica é levantar e caminhar a cada uma hora. Se não for possível, tente pelo menos movimentar os pés em círculos e exercitar as panturrilhas.

2. Hidratação, sempre!

Para manter a hidratação, recomenda-se beber um copo de água ou suco a cada duas horas durante o percurso. Isso porque, quanto mais concentrado o sangue, maior o risco de trombose.

Outro ponto: se você toma medicamentos para o sistema nervoso central, é importante não ingerir nenhum tipo de álcool durante a viagem.

3. Medicamentos de uso contínuo? Leve todos.

Se você tem doenças que exigem tratamento contínuo, como pressão alta ou diabetes, não se esqueça de ter os medicamentos em mãos e de garantir que você terá quantidade suficiente até seu retorno. Caso for viajar para outros países, tente manter o horário das doses que você tomava no Brasil, mas se o fuso horário for muito diferente, você pode gradativamente se adequar ao horário local para não precisar interromper o sono para tomar.

4. Faça um seguro saúde se for fazer viagem internacional

Essa dica é fundamental. Não pense que um seguro será útil somente em casos de problemas graves. Uma torção no pé ou um dente quebrado podem virar um grande problema (principalmente para o seu bolso) sem assistência médica assegurada. Na internet há várias corretoras e bancos que oferecem o serviço. 

5.      Não se esqueça de visitar seu médico antes da viagem!

É importante visitar um especialista antes da viagem, pois ele lhe dará informações importantes sobre quais medicamentos você deve ter em mãos em caso de alguma eventualidade e, sabendo seu destino, orientar se há necessidade de tomar alguma vacina específica. 





Tags: envelhecimento; cuidados; saúde; viajar



Deixe seu comentário

Para comentar ou responder, você precisa se cadastrar ou estar logado.


0 Comentários