Pessoas que têm colesterol alto sabem que devem ter cuidado com a alimentação, principalmente com alimentos fonte de gordura “ruim”. Mas existem componentes presentes nos alimentos que contribuem com o controle do colesterol e precisam ser incluídos na rotina.

É o caso do ômega-3. Normalmente, as moléculas de colesterol são irregulares, sendo de tamanhos pequenos, médios e grandes. Quando consumimos ômega-3, as moléculas de HDL, o colesterol bom, tendem a aumentar e melhorar a sua qualidade. Como o HDL tem a função de "limpar" o sangue, reduzindo a quantidade de LDL, o colesterol ruim, consumir ômega-3 pode beneficiar o paciente, principalmente aqueles que têm colesterol descompensado. A recomendação é que seja consumido no mínimo 1,8 grama de ômega-3 por dia.

Três filés de sardinha, atum ou salmão por semana já dão conta dessa quantidade. A chia é uma opção vegetal rica em ômega-3, e basta uma colher de sobremesa do alimento por dia para manter os níveis de colesterol adequados. Lembre-se: as mudanças na alimentação não dispensam o uso de medicamentos. Converse sempre com seu médico antes de tomar qualquer atitude referente ao seu tratamento. Ele acompanha seu caso e vocês podem fazer ações conjuntas para melhorar a qualidade de vida e o controle do colesterol.





Tags:



Deixe seu comentário

Para comentar ou responder, você precisa se cadastrar ou estar logado.


0 Comentários